Notícias

« Voltar

ISEPE-RONDON realiza pesquisa inédita na região.

18 de Junho de 2014

ISEPE-RONDON realiza pesquisa inédita na região.

ISEPE-RONDON realiza pesquisa inédita na região.


             A região Oeste do Paraná tem sido o destino de muitos trabalhadores imigrantes. A maioria deles está vindo para trabalhar em frigoríficos de aves.

            Segundo o coordenador do projeto de pesquisa Prof. Me. Paulo César Ilha (doutorando), o estudo tem por objetivo analisar a possibilidade de inserção social dos imigrantes trabalhadores bengaleses (Bangladesh) e senegaleses (Senegal) no município de Marechal Cândido Rondon.
 
            A questão que o estudo pretende responder está centrada no fato de que, dadas às diferenças na cultura, nacionalidade, escolaridade, política, religião, vida social, renda, língua falada e outros, há condições objetivas de se obter convergência entre a comunidade local e o grupo de trabalhadores oriundos de outras nações para trabalhar em Marechal Cândido Rondon?
 
            Para responder esta questão, será utilizado como técnica de análise, a matriz estrutural prospectiva, um método sistemático sob a forma matricial de análise das relações entre as variáveis constitutivas do sistema estudado e aquelas que pertencem ao seu contexto explicativo, fazendo emergir as principais variáveis influentes e dependentes e, desse modo, as variáveis essenciais à evolução do sistema estudado.
 
          Como resultado, a pesquisa será capaz de mostrar quais os aspectos mais relevantes que podem contribuir para facilitar a inserção destes trabalhadores na sociedade local.
 
A pesquisa é desenvolvida com a participação dos cursos de Direito e Administração do ISEPE-RONDON, e conta com o trabalho dos professores Me. Manoel João Ramos, Me. Marcel Colling e da Coordenadora de Pesquisa e Extensão da instituição de ensino, professora Me. Glauci Aline Hoffmann.
 
No dia 24/05/2013 foi realizado evento para a entrevista dos estrangeiros, a fim de coletar dados para a pesquisa a ser desenvolvida.
 
O evento contou com participação dos integrantes do Projeto de Pesquisa e  da comunidade externa, bem como de autoridades locais convidadas.